ESA PE - Escola Superior de Advocacia de Pernambuco
Carrinho (0)

Notícias atualize-se e recomende!

OAB-PE oferece projeto de incubação de novos escritórios 16/11/2018

O programa oferece consultoria em diversas áreas, como gestão de marketing, financeira e contábil, para que os novos empreendimentos saiam aptos e maduros para o mercado


O Projeto Incubadora OAB Pernambuco, que visa estimular o empreendedorismo jurídico entre os novos profissionais da advocacia, está com inscrições abertas até o dia 30 novembro. O programa vai recrutar advogados interessados em gerir o próprio escritório e oferecer todo o suporte de planejamento, estrutura e execução para que o empreendimento entre no mercado pronto para uma atuação completa. O projeto foi desenvolvido pela Comissão de Empreendedorismo Jurídico (CEJU), em conjunto com a Comissão de Sociedade de Advogados (CSA), e conta com a parceria do Sebrae-PE e da Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE).

A iniciativa oferecerá ao profissional ou escritório uma assessoria completa que contempla todas as esferas da gestão de um novo negócio. No período em que estiver incubado, o participante terá à sua disponibilidade um escritório virtual com coworking destinado ao funcionamento dos escritórios incubados, visando estimular as parcerias, que conta com estações de trabalho disponíveis em período integral, energia elétrica, acesso ao telefone e internet. Além disso, é oferecida consultoria em contabilidade, sistemas de gestão, sistema de acompanhamento processual, sistema financeiro, além de treinamento e mentoria qualificada subsidiados pela OAB-PE. Também serão realizadas avaliações trimestrais seguindo critérios de desenvolvimento pessoal, capacidade de gerenciamento do escritório, qualidade na prestação de serviços e viabilidade econômica financeira.

“O Incubadora OAB-PE surgiu da ideia de proporcionar um maior desenvolvimento aos profissionais recém formados e pequenos escritórios com menos de três anos de existência. A consultoria complementa esse profissional oferecendo o que não é ensinado na faculdade, como a gestão do empreendimento, questão fundamental para a sobrevivência do seu negócio”, explica o advogado Ivo Amaral, presidente da CSA.

Os escritórios e advogados interessados em participar passarão por um processo seletivo que tem entre as etapas um workshop realizado pelo Sebrae-PE para instrução e construção de um plano de negócios com informações sobre o projeto a ser incubado. Os interessados também deverão enviar um vídeo com a justificativa pela qual o escritório deverá ser incubado pela OAB-PE e no término de todo o processo, os participantes mais bem avaliados receberão um certificado de reconhecimento da OAB Pernambuco. A inscrição custa R$ 50,00 por escritório e poderá ser realizada até o dia 30 de novembro por meio do site da ESA-PE (
www.esape.com.br). Os participantes deverão pagar uma taxa de incubação de R$ 1500,00 e, após o início do projeto, uma mensalidade R$ 1050,00 durante o processo de incubação, que figura como taxa única de manutenção para todos os serviços parceiros.

Para o presidente da ESA-PE, Carlos Neves, o projeto é de grande ajuda para os novos profissionais. “Iniciativas como essa valorizam e impulsionam o advogado que está entrando no mercado, oferecendo mais chances de acertos e garantia de sucesso logo no início da carreira. Ao concluírem o projeto, eles certamente terão um escritório apto para atuar com excelência no mercado da advocacia”, comenta.